21 de jan de 2009

A Escola sem Paredes



Moaci Alves Carneiro

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Trabalha com arte e ofício,
como na voz de Vinicius:
"Era uma casa
Muito engraçada
Não tinha teto
Não tinha nada".


A escola sem paredes
não parece escola, não.
Tem vida, tem alegria,
tem boa pedagogia!

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Investe no encantamento,
que a vida é sentimento.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Tem razão, tem poesia,
tem canto, tem melodia.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Seu tijolo: a alegria.
Seu trabalho: a criação.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Tem teto: o experimento.
Tem vigas: a emoção.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
O cimento é a semente
do sonho feito lição.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
O giz é a alegria
nas asas da fantasia.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
A casa, reconstruída,
é do tamanho da vida.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Em lugar de ter janelas,
tem cores de aquarela.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Em asa-delta, o aluno
voa livre e tem visão.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Não tem forma nem tamanho.
Sua partitura: o sonho.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Os conteúdos diários
navegam no imaginário.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
O mestre vai pilotar,
ensina e aprende a voar.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
O professor, comandante,
é também iniciante.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Aqui, quem “dá” a lição,
dá a significação.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Constrói a proficiência
nas linguagens, na ciência.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Tem vida, tem poesia,
tem mais que pedagogia.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
A competência querida
alimenta-se da vida.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Quem surfa é o raciocínio,
na prancha do tirocínio.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Cada lição ensinada
é vida, vivenciada.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Cada lição aprendida
é repertório para a vida.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
A criação é plural,
transcende o convencional.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
O aluno, em vez de medo,
entretece seu enredo.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Há vida em cada instante,
tudo é interessante.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Cada um faz seu caminho,
sem rotas em desalinho.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
As vias são sempre abertas,
com os sinais em alerta.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
É uma via sem fronteira,
como é a vida inteira.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Nela, tudo, como a gente,
é único, é diferente.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
A lição é como a vida:
um valor tão sem medida!

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Seu currículo é integrado,
sem grades ou cadeado.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
O aluno, desde cedo,
já se sente cidadão.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Tem arte, tem ousadia,
ao longo de todo o dia.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
A biblioteca inspira,
alimentando a ação.

A escola sem paredes
não parece escola, não.
Seu teto é infinito,
sua voz é mais que um grito.

A escola sem paredes
parece a vida da gente,
fluindo na amplidão,
cada dia diferente.

Na escola sem paredes,
o que seduz e fascina
é que o bom, o normal,
é não buscar ser igual.

Os mestres são como antenas
captando vibrações.
Esquadrinhando os problemas,
criando as soluções.

Em cada laboratório,
a lição assimilada
integra o repertório
da vida reencontrada.

As aulas já não precisam
de salas, o espaço é aberto.
Adequando-se à escala,
não há nem longe, nem perto.

Tem tudo o que uma escola
oferece de verdade.
Mas sem correntes ou peias,
só lições de liberdade.

Casa de livros e livres,
fonte de cidadania.
A escola sem paredes
constrói a democracia.

Escola, minha escola,
com prazer e sedução,
de ti o sonho decola:
a vida é a grande lição.

Um comentário:

telma disse...

=) "A Escola sem Paredes" disponibilizou um "caldeirão de idéias". Parabéns!
Forte abraço!