16 de jul de 2011

We All Want to Be Young - Um filme que vai fazer você entender a Geração Y

Olá Amigos

Relaxe, se esparrame na poltrona e separe 10 minutos do seu tempo para assistir o melhor filme sobre a Geração Y. Segundo o que apurei na web, o filme  'We All Want to Be Young' foi realizado pela BOX1824, uma empresa brasileira especializada em pesquisas. É um filme apaixonado sobre a nova geração. Emociona mesmo. Imperdível do início ao fim. Entenda o período em que vivemos através da geração Y.



O filme 'We All Want to Be Young' é o resultado de diversos estudos realizados pela BOX1824 nos últimos 5 anos. A BOX1824 é uma empresa de pesquisa especializada em tendências de comportamento e consumo. Este filme possui licença aberta pelo Creative Commons. O Filme tem roteiro e a direção de Lena Maciel, Lucas Liedke e Rony Rodrigues. Que teve a participação da Zeppelin Filmes.Esse vídeo foi uma indicação da Revista Bula (@revistabula) pelo twitter.

Raphael Primos que é jornalista, editor do Conexão Mercado e atua há três anos na área de Comunicação da TeleListas, escreveu em sua resenha: 

"Em uma entrevista 1977 Clarice Lispector disse que todo adulto é solitário, mas outra coisa comum entre os adultos é tentar entender os jovens de sua época, pois somente compreendendo esse grupo é possível desvendar os fenômenos que acontecem em um período. E em qual era vivemos? Quem somos? Bombardeados por informações, maniqueístas do pluralismo e individualidade. Moldados por uma sociedade de consumo que nos educa para sermos globais e homogêneos. Como gritamos e mostramos ao mundo nossas individualidades?

Antes de pertencermos ao mundo ou a qualquer grupo, somos escravos desse universo infinito e incompreendido, nós mesmos. Provavelmente se você é da Geração Y, já viu esse vídeo, que é tão last season (como dizem).Estou fascinado e sinto que começamos a entender o período pelo qual estamos passando e para quais transformações temos passado. Caos? Ansiedade crônica? Tire suas próprias conclusões."

Depois de ver o vídeo, recomendo que você leia Stuart Hall – “Identidades Culturais na Pós-modernidade"

O filme termina com uma frase mágica: "Entender a evolução do mundo é uma busca que pode nos manter jovens para sempre".  Acho que é por isso que eu adoro ser professor estar perto dos jovens me faz reviver o que tenho de melhor em mim.

Abraços

Robson Freire

3 comentários:

Profª Ana Paula disse...

Robson, você foi incrível! Ótimo vídeo, ótimas colocações... quase uma pesquisa. Adorei, vou divulgar.

Anônimo disse...

Muito bom o filme, vou sugeri-lo para os professores da minha escola assisti-lo, para que entendam um pouco mais dessa juventude que não aceita mais só giz e quadro negro em suas aulas e utilizem mais as tecnologias da informação que estão ao alcance de todos no Laboratório de Informática e na VIDA REAL.

Lista Telefonica disse...

www.sualista.com.br