6 de fev de 2009

Leitura Obrigatória

Olá Amigos

Hoje venho recomendar a leitura do livro “O diálogo entre o ensino e a aprendizagem” de Tema Weisz que foi recomendada pela Revista Nova Escola. O livro uma publicação da editora Ática além de ter um preço excelente é uma leitura obrigatória para todo profissional de educação.

O livro lançado em 2000 faz um convite à reflexão sobre a distinção entre ensino – ação do professor que possibilita meios para o saber – e aprendizagem – a ação do aluno que termina em conhecimento. No livro a autora fala sobre todo o processo entre a intervenção do professor e a materialização do conhecimento pelo aluno, destacando a importância do professor nesse processo.

Há também uma analise sobre a história da educação no Brasil, onde é feita uma analise dos modelos de aprendizagem atuais e o meu preferido que é o ensino por resolução de problemas. No livro ela cita “não existe um processo único de ‘ensino-aprendizagem’, como muitas vezes se diz, mais dois processos distintos: o de aprendizagem, desenvolvido pelo aluno, e o de ensino, pelo professor”.


É isso mesmo um não existe sem o outro, mas são ações interligadas. Para usar TIC o uso da metodologia Aprendizado Baseado em Problemas (Problem-Based Learning - PBL) que destaca o uso de um contexto critico/avaliativo para o aprendizado, promove o desenvolvimento da habilidade de trabalhar em grupo, e também estimula o estudo individual, de acordo com os interesses e o ritmo de cada estudante. O aprendizado passa a ser centrado no aluno, que sai do papel de receptor passivo, para o de agente e principal responsável pelo seu aprendizado é o mais apropriado.

Os professores que atuam como tutores (ou facilitadores) nas salas de aula têm a oportunidade de conhecer bem os estudantes e de manter contato com eles durante toda a aula e fora dela através de emails, enfatiza o aprendizado auto-dirigido, centrado no estudante. O professor não "ensina" da maneira tradicional, mas facilita a discussão dos alunos, conduzindo-a quando necessário e indicando os recursos didáticos úteis para cada situação.

Uma aula PBL inicial trabalha os conhecimentos prévios dos estudantes sobre o assunto apresentado; os problemas são primeiramente identificados e listados, e em seguida são formulados os objetivos de aprendizado, com base em tópicos considerados úteis para o esclarecimento e a resolução do problema, técnica dos sete passos (Esclarecimento dos termos difíceis, Definição dos problemas a serem entendidos e explicados, Análise dos problemas, Dar as possíveis explicações, de acordo com os conhecimentos prévios – "Brain storm", Resumir, Formular os objetivos de aprendizado, Estudo individual baseado no passo n° 5, Relatar ao grupo, Discutir).

Na etapa seguinte os estudantes vão trabalhar independentemente, na busca de informações e na sua elaboração (estudo auto-dirigido) antes da próxima aula, quando as informações trazidas por todos serão discutidas e integradas no contexto do caso-problema.

Baseado nesse conceito o professor/profissional de educação pode ter retorno melhores de seus alunos em suas aulas além de poder utilizar vários recursos áudio visuais e tecnológicos em suas aulas. Para pensar. Recomendamos a leitura.

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

Nenhum comentário: