2 de jan de 2009

Você está pronto para treinamento via e-Learning?

Olá Amigos

Hoje visitando os blogs dos amigos vi esse vídeo fantástico no blog da minha amiga Tatiane Martins editora do blog "Mulher é desdobrável. Eu sou." e escritora do livro Poeme-se. O vídeo remete ao questionamento de que se estamos prontos para uma educação online definitiva. Assista abaixo o vídeo e reflita.


Vídeo "teaser" sobre o crescimento do e-learning ou EAD, retirado do site da ADL, detentora do padrão SCORM (www.adlnet.gov). Legendas em português por Juliano Magalhães - Connection e-Learning/EAD corporativo (www.mmconnection.com.br).

Eu sinceramente não acredito ainda nessa afirmação por causa de um monte de motivos, sendo o principal deles a transformação do processo de aprendizagem individual para colaborativa e coletiva estar ainda muito no começo ou mal aplicada. Veja esse vídeo abaixo agora.


Vídeo Aprendizagem Colaborativa. Moodle Brasil - By Júlio Mouro - Set/2006

O que achou? Você aposta na educação online definitiva? Opine e Comente aqui.

Abraços

Equipe NTE Itaperuna

5 comentários:

Suely disse...

Oi, Robson!
Também acho que estamos um pouco distantes da construção coletiva do conhecimento, seja de maneira presencial, seja online! Somos muito reprodutores de conhecimento... Nossa metodologia é a do cuspe e giz... falamos, falamos e os alunos copiam, copiam... Aliás isso também se dá no uso da Internet nas escolas: é puro copia e cola!
É indispensável o investimento na formação dos professores e das professoras, para que se inicie um processo de reflexão sobre as práticas; e então a sonhada mudança aconteça!

Feliz 2009! PAZ! SAÚDE!

Abraços!

Tati Martins disse...

Oi, Robson!
Estamos andando pela mesma estrada e isso muito me anima. Vc acredita que o 2o vídeo que vc postou está na minha lista para ser exposto tb em meu blog? Pois bem, se eu o fizer, citarei vc.
Quanto à votação, não se preocupe. Aqui em casa, todos votamos em vc e na Miriam. Fiquei muito feliz de saber que vc tb está concorrendo. Pena que não na área de Educação, não é? (Se bem que por um lado é bom. Há chance de vc e a Miriam vencerem - rsrsrsrs.)
Farei propaganda já já. Vc pode contar comigo sempre, pois sou sua fã, através desse blog sensacional.
Beijinhos!
P.S.: Espero agora não perder meu comentário. Vc acredita que a Suely estava postando na mesma hora e por isso o meu sumiu? rsrsrsr

Tati Martins disse...

Agora, respondendo à quesão que você deixou na postagem:
Concordo com você e com a Suely. Ainda estamos muito presos aos métodos tradicionais. O que estamos vivendo é uma real mudança de paradigmas, mas até isso realmente entrar na escola, leva anos! O maior freio não é sequer o econômico. Pela minha experiência em escola particular de nível A, o grande empecilho para essa mudança somos nós, os professores, "detentores do saber e poço de vaidades". Muitos de nós não admitem estar errados, atrasados ou antiquados. Essa é a grande questão.

Robson Freire disse...

Olá Tati e Suely

Tenho participado dos cursos de educação Digital de 40 e 100h promovidos pelo PROINFO e SEEDUC/RJ e nesses cursos o grande problema não é aprender a técnica , mas é ouvir e querer mudar, aprender uma nova maneira de ensinar.

Eles encaram isso como um retrocesso, e eu tenho mostrado a eles que estão completamente enganados, que esse novo jeito de ensinar e o mais moderno.

Ai eles fazem uma pergunta: Mas uma aula assim é barulhenta e não consigo "dar a minha aula".

Resultado ... Surto completo.

Colega "dar aula" não é ensinar, ouvir é essencial, ouça seus alunos, escute o que eles tem a dizer e vá corrigindo a aprendizagem ou acrescentando novos desafios, aprenda com eles.

Mas em turmas de 20 professores, apenas 5 saem com aquela mosquinha no ouvido. Já é alguma coisa.

Obrigado por vocês comentarem e visitarem o Caldeirão de Idéias.

Feliz 2009

Suely disse...

Robson!

Voltei para te dizer que sou uma das 5 que saíram com uma mosquinha no ouvido, depois de participar dos cursos no NTE de Uruguaiana! Aliás, o curso de 100h eu não terminei ainda, só em maio!
Na minha turma de curso éramos 10 professores(as) em formação. Restamos 3!
As desculpas para não seguir em frente foram as mais variadas... mas acho que no fundo é medo! Medo do novo! Medo da mudança! Dá mais trabalho construir conhecimento; copiar de livros didáticos ou da Internet é muito fácil...

O blog que estou tentando construir é "cria" da Blogosfera da Marli e dos cursos do NTE!

Mesmo que o efeito seja pequeno sempre vale a pena investir em formação continuada! É a única alternativa para a mudança!

Robson, vou colocar o "Caldeirão" lá na minha lista do UFa! Posso?!

Abraços!