31 de jan de 2011

Dica - ODF Add-in for Microsoft Word

Olá Amigos

Um problema que tem atormentados os professores é quando o arquivo vem no formato aberto .odt e a maioria só usa Microsoft Word .doc ou .docx. Instalar o OpenOffice ou BrOffice nem pensar, então como fazer? Todos os micros do laboratório da escola são Linux e usam o formato .odt e meu notebook roda Windows e Microsoft Office como vou fazer?

Seus problemas acabaram (não podia perder a piada) agora tem um complemento para Word que abre o formato.odt. O ODF Add-in for Microsoft Word é um plugin para o seu Microsoft Word, que faz com que o programa abra um novo tipo de arquivo, o ODF. Os arquivos ODF normalmente são criados por outros programas de Office, normalmente free e do Linux. Entretanto, o Microsoft Office não veio com suporte nativo a esse tipo de arquivo.

O que é ODF?

Visando criar um padrão para vários tipos de arquivos, a maioria de Office (textos, planilhas, apresentação de slides, banco de dados, imagens etc), foi criado o ODF – OpenDocument Format., forma abreviada de OASIS OpenDocument Format for Office Applications, é um formato de arquivo usado para armazenamento e troca de documentos de escritório, como textos, planilhas, bases de dados, desenhos e apresentações. Este formato foi desenvolvido pelo consórcio OASIS e baseia-se na linguagem XML. O ODF é um formato aberto e público e foi aprovado como norma ISO/IEC em 8 de Maio de 2006 (ISO/IEC 26300). O ODF foi o primeiro formato de documentos editáveis de escritório a ser aprovado por uma instituição de normalização independente.

O formato ODF foi desenvolvido por uma grande variedade de organizações, sendo possível aceder livremente às respectivas especificações. Isto significa que o ODF pode ser implementado em qualquer sistema, seja ele de código aberto ou não, sem ser necessário efetuar qualquer tipo de pagamento ou estar sujeito a uma licença de uso restrito. O ODF constitui-se como uma alternativa aos formatos de documentação que são propriedade de empresas privadas, sujeitos a licença de uso restrito ou onerosas, permitindo a organizações e indivíduos escolherem o software que mais lhes convém para lidar com os arquivos guardados neste formato. O formato é independente de plataforma e fornecedor tornando-o adequado para a armazenagem de documentos a longo prazo.

Vários programas já o utilizam, como: OpenOffice, LibreOffice, Google Docs, BrOfficeAbiword e StarOffice.

Um documento ODF pode ter as seguintes extensões:


Instalando e utilizando o plugin

Na instalação do programa você deverá escolher qual a versão de seu Microsoft Word, sendo que as opções possíveis são: 2000, 2003, XP e 2007. Não há suporte para versões mais antigas.

Assim, o suporte ao tipo de arquivo ODF será automaticamente criado. Fora do Word, você poderá dar o duplo-clique no arquivo para abri-lo. Caso esteja dentro do programa, é só clicar no menu do Microsoft Word e ir até ODF... (abaixo de Salvar Como). Lá você encontrará a opção de abrir um arquivo ODF ou de salvar neste formato.


Abraços

Robson Freire

2 comentários:

Rui Ogawa disse...

Olá Robson,

Realmente o ODF Add-in para MS Office é uma solução para quem realmente não pode (por qualquer motivo que seja) migrar para BrOffice. Seu texto está bem claro e didático.

Só venho questionar a segunda frase do artigo. Acho que "instalar OpenOffice ou BrOffice nem pensar" não condiz com o restante do artigo.

Seu próprio texto tece elogios ao pacote e acredito que por todas suas características técnicas, de licenciamento e custos, o BrOffice é sim muito superior ao MS Office.

Deixo como sugestão instalar o BrOffice e utilizar o padrão ODF. Se algum amigo precisar somente visualizar, mande em PDF. Se precisar editar, mande o link para download do BrOffice para ele.

No mais, parabéns peloexcelente Blog!

Robson Freire disse...

Olá Rui

Entendi o que vc quis colocar, mas é o seguinte: quando avento a possibilidade de instalar o OpenOffice ou o BrOffice eles logo pulam dando pra trás gritando: Nem pensar!!!!

Sou um defensor árduo do Software Livre e é sim muito melhor que qualquer solução proprietária.

Volte sempre e indique o Caldeirão de Ideias aos seus amigos.

Abraços

Robson Freire