18 de ago de 2010

Geração Y e a Escola

generation y

O professor da geração Y acompanha o avanço tecnológico e lança mão de novos instrumentos para apreender a atenção do aluno e estimular o raciocínio. Giz e livros didáticos ganham o apoio de projetores e da internet.

O desafio é fazer o aluno desenvolver raciocínio e espírito crítico capazes de interpretar o volume intenso de informações que recebe a todo instante.

Hoje, os professores devem estar antenados com a tecnologia, assim como os alunos que frequentam suas aulas. Somente com giz e livros didáticos seria impossível nos dias de hoje acompanhar a velocidade com que crianças e adolescentes absorvem informação.

Ao mesmo tempo, os jovens falam ao celular, usam comunicadores instantâneos, raciocinam para mudar a estratégica em um videogame e têm a televisão ligada. O aluno de hoje é diferente do estudante que frequentou os bancos escolares há 30 anos. E o nosso sistema educacional?

Notícia adaptada daqui.

Fonte: http://celsofdf.wordpress.com/2009/10/29/professor-da-geracao-y/

Um comentário:

Murilo de Sousa Rosa - Desenho Su Rabiscado disse...

Que não existe "receita" pronta para dar aula muitos já sabem, mas os recursos que a mídia eletrônica oferece é indispensável se o professor tem a intenção de "fisgar" aatenção dos alunos. Slides, vídeos, imagens e... tirinhas, ouhistórias em quadrinhos. Dois exemplos: o texto anterior com o título "Coisas inuteis que aprendi na escola" começa sua provocação com uma tirinha. Já seria o início de uma grande discução e reflexão (claro, vamos analisar os objetivos e o público) E o segundo exemplo seria a HQ Dom João Carioca, agora produzida em vídeos e ajuda a entender uma parte da história do nosso pais.