1 de jun de 2008

Controle e gerenciamento de objetos de aprendizagem

Como você organiza os seus objetos de aprendizagem? Qualquer pessoa que trabalhe em ambientes de educação, principalmente a distância, mais cedo ou mais tarde precisará trabalhar e produzir esses objetos, que em minha opinião constituem o futuro da segmentação de conteúdos em cursos. Você ainda não sabe o que é um objeto de aprendizagem? Ele é um conceito aplicado aos conteúdos ou recursos utilizados para ensinar um determinado assunto. A vantagem e principal característica desses objetos é que eles são reutilizáveis, isso torna possível que conteúdos ou recursos usados em disciplinas ou cursos diferentes sejam aproveitados mais de uma vez.

Ainda não ficou claro? Quando preciso explicar a natureza desse tipo de objeto para alguém, geralmente faço uma analogia com construções pré-moldadas. Você já deve ter visto aquelas construções que vêem prontas de fábrica, pois podemos comparar os blocos usados para a construção com os objetos de aprendizagem.

Objetos Aprendizagem - Blocos

Uma empresa cria um desses blocos pré-moldados consistindo de uma parede, com uma abertura de janela. Esse mesmo bloco, apesar de ser único, pode ser encaixado em qualquer construção que necessite de uma parede com uma abertura de janela. Mesmo que sejam completamente diferentes, como uma biblioteca e um prédio de apartamentos.

Esse é o principio usado nos objetos de aprendizagem, imagine um texto, animação ou infográfico que ensine matemática, apenas operações financeiras. Se esse material for autônomo, podemos usar o mesmo material para cursos de economia, administração e contabilidade. Então, estaremos reutilizando um mesmo material para cursos com finalidades diferentes. Para cursos a distância, esse tipo de recurso é fundamental para reduzir custos de produção, que são um dos maiores impeditivos das iniciativas de EAD.

Tudo bem, agora você vai começar a pensar em objetos de aprendizagem para organizar as suas aulas e conteúdos. Mas lembre que com o tempo você vai acabar com uma quantidade imensa de objetos. Então teremos outro problema; como organizar e localizar esses objetos? Em uma situação ideal, você teria com o tempo uma quantidade tão grande de objetos, que novos cursos poderiam ser criados, com o reaproveitamento de objetos prontos. Já pensou elaborar um curso a distância, com custo zero de produção de material? É o sonho de qualquer instituição de ensino superior.

Para ajudar nessa tarefa, existe uma ferramenta chamada Flori, que ainda está em desenvolvimento, mas já ajuda na organização e cadastramento dos objetos de aprendizagem. Ela é de código aberto, sendo de uso gratuito.

Criar objetos de aprendizagem é uma cultura saudável, seja você gerente de cursos a distância ou professor. Imagine elaborar recursos que possam ser aplicados em diferentes disciplinas, sem a necessidade de adaptação?

Fonte: http://www.colaborativo.org/blog/2008/04/09/controle-e-gerenciamento-de-objetos-de-aprendizagem/

Um comentário:

ARTEROSANE disse...

Amei a sua visita e suas dicas!!
Obrigada, fiquei bem feliz!!
Estarei sempre aqui!!
Beijinhos