4 de dez de 2006

Educação precisa de mais web 2.0, diz MIT





Segunda-feira, 04 de dezembro de 2006 - 11h35

SÃO PAULO - O consultor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Seely Brown, defendeu o uso massivo de ferramentas web 2.0 na educação.
Ao ministrar palestra no MIT durante o fim de semana, Brown defendeu que universidades e escolas em todo o mundo invistam em projetos de web 2.0 e incentivem seus alunos a participar de wikis, blogs e comunidades que produzem conteúdo para a internet.
Brown, que já foi cientista chefe do MIT, diz que projetos pedagógicos baseados nesta tecnologia permitem que os usuários criem a cultura de produzir conteúdos e de debatê-los entre os membros de uma rede social.
O consultor afirma que é um desafio para a maior parte dos professores sair do papel de “emissor único do conhecimento” e ver o aluno não só como “receptor”, mas também como construtor da informação.
Brown diz ainda que a análise de conteúdos publicados em blogs e wikis permite ao professor perceber com maior clareza quais as deficiências de seus alunos e onde reforçar as aulas.

Felipe Zmoginski, do Plantão INFO

Nenhum comentário: