6 de ago de 2008

Quanto de sua vida você coloca na rede?

Sábado, 02 Agosto, 13h23

Vamo Agregá

É muito comum, principalmente ao conhecermos uma ferramenta ou serviço novo, nos empolgarmos a enchê-lo de conteúdo, utilizá-lo bastante para aprendermos mais e sabermos como isso pode ser útil para nós. O que pode não ser tão legal é quando esse serviço é uma rede social ou uma ferramenta de lifestreaming.

Redes Sociais são aqueles sites ou serviços que incentivam a formação de comunidades, te possibilitam procurar pessoas e se tornar seu contato (ou amigo). Alguns exemplos são os bastante conhecidos Orkut, MySpace e FaceBook. Já LifeStreamings são serviços de compartilhamento de ações e conteúdo na Internet, onde você indica vários outros serviços que utiliza (como o Twitter, Flickr, Delicious) e esse outro site agrega essas informações. O FriendFeed é um grande exemplo disso.

Inicialmente muito legal e divertido, a utilização descontrolada de serviços como esses podem se tornar uma dor de cabeça futura. Compartilhar sua vida com o mundo não é o mesmo que contar algo que te aconteceu pelo telefone com um amigo no qual confia. É bastante diferente imaginar que aquela sua foto fantasiado no carnaval será vista por seus amigos da escola e seus colegas de trabalho (ou seu chefe!). Bom senso é sempre necessário e a utilização correta das ferramentas de privacidade são bem vindas.

Ao utilizar um serviço que agregue suas informações na Internet, sempre verifique se existem opções onde você pode limitar o acesso à pessoas que você selecione. Se não houver algo parecido, pense duas vezes antes de publicar algo. Lembre-se sempre que é muito fácil levantar a vida de uma pessoa utilizando tão somente seu nome e um mecanismo de busca. Quando existem sites como esse, as chances são ainda maiores.

Leia mais sobre LifeStreaming: Rodrigo Ghedin, Tiago Dória

* Foto por Manoel Netto disponível no Flickr

Fonte: http://br.tecnologia.yahoo.com/blogs/manoelnetto/305/quanto-de-sua-vida-voc-coloca-na-rede

Nenhum comentário: